BUSCA RESULTADOS

Como surgiu a Vino Planners?

Marina Carrara - 07-mars-2016 14:06:00
Vino Planners foi criada em 2005 por Jacques Fraysse, um CPA inscrito na ordem de Montpellier. Ele começou a Vino Planners com o objetivo de  oferecer um serviço oficial para o que ele vinha fazendo há mais de 25 anos. Como um CPA consagrado, ele vinha acompanhando as pessoas no processo de aquisição de uma vinícola.   ’’ Eu sempre me perguntei por que ninguém estava oferecendo um serviço completo como um Programa de Gestão de Compras para ajudar os compradores solitários ". Jacques Fraysse Jacques Fraysse foi também um dos poucos CPA capaz de falar fluentemente Inglês, Alemão e Espanhol, aconselhando assim investidores internacionais. Como ele foi criado em Carcassonne, no coração Languedoc, seu network relacionado com o mundo do vinho cresceu ao longo das décadas. Ele reuniu um grupo de peritos para oferecer uma gama completa de serviços de assessoria jurídica (advogado, notários...) para os produtores de vinho e vendas e especialistas em marketing.   Desde 2005, Fraysse auxiliou mais de 30 clientes a encontrar, planejar, criar e gerir seu próprio vinhedo francês. Para mais informações sobre a empresa, acesse  http://www.youbuyfrance.com/br/Posts-12234-que-tal-adquirir-uma-propriedade-vin-237-cola-na-fran-231-a-63  

REGIÃO PARISIENSE e GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO ASSINAM PARCERIA

Catherine Ferrão - 03-déc.-2014 19:36:53
          REGIÃO PARISIENSE e GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO ASSINAM PARCERIA PARA PROJETOS DE desenvolvimento urbano sustentáveL .   O Estado mais rico da América Latina e a primeira região da Europa iniciam um ambicioso programa de ações com mais de dez iniciativas comuns nas áreas de Transporte, moradia, energia, despoluição e saneamento .     Durante a semana de 11 a 13 de novembro últimos, em paralelo à realização da 16ª Feira do Meio ambiente Industrial (FIMAI), realizada em São Paulo, Capital, uma Delegação da região capital, a Região Ile-de-France, liderada pelo vice-presidente de Assuntos Internacionais e Europeus da Região Parisiense - Roberto Romero - reuniu-se com autoridades do Governo do Estado de São Paulo: Secretários Julio Semeghini (Planejamento e Desenvolvimento Regional), Marcos Penido (Habitação), Rubens Rizek (Meio Ambiente), Jurandir Fernandes (Secretário Estadual dos Transportes) e Paulo Capelotto (Diretor de Administração e Finanças da Investe SP), para assinatura dos respectivos Protocolos de Intenção que darão continuidade às parcerias iniciadas no ano passado entre Paris Region e o Estado de São Paulo. Paris Region e o Estado de São Paulo lançaram no final do ano passado, através de um protocolo de intenções, assinado pelos Srs. Jean-Paul Huchon, Presidente da Paris Region Council, e o Sr. Geraldo Alckmin, Governador do Estado de São Paulo, um programa de cooperação denominado: « 2014, ano da “Paris Region” e do Estado de São Paulo para o desenvolvimento urbano sustentável » , priorizando o desenvolvimento econômico, social e sustentável dos dois territórios.   Marcos Penido – Secretário Estadual da Habitação assina Protocolo de Intenções entre CDHU e Advancity   - cluster da Região Parisiense - Crédito Denise Meirelles/Confea. Nas áreas metropolitanas de Paris Region e do Estado de São Paulo, que totalizam juntas 34 milhões de habitantes, seus dirigentes confromtam-se diariamente com desafios similares nas áreas de transporte, poluição e moradia .   Essa parceria prevê que as duas regiões se comprometam efetivamente com a promoção do desenvolvimento urbano sustentável a serviço das populações dos dois territórios, concentrando-se nos transportes, energia, moradia e desenvolvimento econômico. A s duas Regiões estão interessadas em uma parceria pragmática, que apresente respostas concretas às necessidades de seus respectivos territórios.   Quatro projetos já se encontram em fase de desenvolvimento, tendo em conta as necessidades das Regiões e as expertises existentes. O objetivo é trabalhar de forma conjunta para encontrar soluções inovadoras para problemas já testados em solo Europeu, que possam responder às questões de custos e sustentabilidade atuais.   Roberto Romero veio ao Brasil acompanhado de Pierre Serne , vice-presidente de Transportes da Região Parisiense, Bruno Partaix , secretário geral do Instituto de Planejamento Urbano de Paris (IAU), Bruno Allenet, vice-presidente do cluster Advancity, Sandrine Gourlet, Diretora de Transportes da Região de Paris e Frédérique de Bast , Diretora de Marketing Internacional de Paris Region Entreprises (Agência de Promoção da Região Parisiense).   Projetos em curso   1º Projeto - Herbário de St. Hilaire ( Projeto assinado em 08 de Maio de 2014) Secretaria do Meio Ambiente Resumo do Projeto O projeto de criação do "Herbário Virtual A. de Saint-Hilaire ", coordenado pelo Instituto de Botânica da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo , com a parceria do Muséum National d´Histoire Naturelle, Paris , visa disponibilizar as coleções botânicas de Auguste F.C.P. de Saint-Hilaire, botânico francês, para consultas científicas e históricas . Tal coleção, originárias das viagens de Saint-Hilaire ao Brasil entre 1816 a 1822, se constituirá da união correspondente das informações bibliográficas, notas de campo, mapas e ilustrações representativas da coleção com os respectivos espécimes depositados em herbário, associados com novas coletas e observações atuais da paisagem nos locais visitados por Saint-Hilaire. Este projeto é o primeiro a poder medir a perda da biodiversidade decorrente da ocupação desordenada dos espaços naturais pelas cidades e campos de produção agrícola no Brasil nos últimos 190 anos. Em seguida será criado um espaço para exposição dos trabalhos, além de um herbário virtual para ajudar cientistas em seus estudos botânicos.   As espécies de autoria de Saint-Hilaire estão descritas nos três volumes da Flora brasiliae meridionali (1825, 1829 e 1832-1833), sendo que os exemplares botânicos correspondentes estão depositados no Herbário de Paris do Muséum National d’Histoire Naturelle e da universidade de Montpellier e de Clermont-Ferrand, França. Entretanto não havia um resgate completo das correspondências destas espécies com os dados citados na Flora brasiliae meridionalis e, menos ainda, com as importantes observações constantes nos cadernos de coleta de Saint-Hilaire.   Todo o seu acervo está sendo agora digitalizado e disponibilizado on-line de forma integrada graças à parceria entre as duas regiões.   http://inct.florabrasil.net/o-herbario-virtual-a-de-saint-hilaire/       2º Projeto – Projeto Piloto em Moradias Populares com ideias ecológicas e inovadoras. Secretaria da Habitação - CDHU e ADVANCITY /Cota 200 Resumo do Projeto Assinado no último dia 12 de Novembro, durante a FIMAI, o acordo entre a CDHU e a Advancity (Cluster Parisiense de Inovação). O projeto, que poderá ser implementado na Cidade de Cubatão, como projeto piloto de um bairro sustentável. Estas comunidades, implantadas na Serra do mar   são um problema para a preservação do meio ambiente e do parque Estadual da Serra do Mar. A ideia é acompanhar a CDHU nos dois eixos de trabalho desenvolvidos neste território: urbanização das comunidades existentes e reassentamento dos moradores cuja casa teve que ser removida. Este projeto piloto poderá em seguida ser replicado em todo o litoral da Serra do Mar, a partir dos resultados obtidos.   http://www.habitacao.sp.gov.br/secretariahabitacao/recuperacao_socioambiental_da_serra_do_mar.aspx   3º Projeto   – Criação de órgão para gestão dos Transportes no Estado de São Paulo Secretaria dos Transportes   Resumo do Projeto Roberto Romero (Vice-Presidente de Paris Region), juntamente com Pierre Serne, Vice-Presidente encarregado dos Transportes e da Mobilidade no Conselho Regional de Paris Region, o Secretário Estadual dos Transportes em São Paulo, o Sindicato dos Transportes de Paris Region (STIF) e a Agência francesa de Desenvolvimento (AFD), estudam um acordo para ajuda na criação de uma autoridade organizadora dos Transportes no Estado de São Paulo .   Este acordo tripartite STIF/AFD/Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo deverá ser assinado nos próximos meses. Nesta primeira etapa, um protocolo de intenções foi assinado entre a Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo e Paris Region, representada por Pierre Serne, para criar um quadro global de cooperação entre os dois governos, o que permitirá articular a cooperação tripartite com STIF e AFD. A Cooperação entre as duas Regiões permitirá assim propor soluções que já mostraram sua eficácia na melhoria da mobilidade urbana.     4º Projeto – Acordo de parceria para a Promoção das Regiões de Paris e do Estado de São Paulo Invest São Paulo e Paris Region Entreprise (ambas Agências de Promoção de suas regiões)   Resumo do Projeto Um acordo de cooperação foi assinado entre Investe São Paulo e Paris Region Entreprises , as duas respectivas Agências de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e da Região Parisiense, com o objetivo de reforçar os investimentos e as Relações Comerciais entre estes dois grandes Polos Econômicos.   Este acordo prevê um acompanhamento particular das empresas da Região de Paris e as empresas paulistas que desejem se desenvolver na Região parceira.   http://www.investe.sp.gov.br/noticia/investe-sao-paulo-e-paris-region-enterprises-assinam-memorando-de-entendimentos/     Contato Imprensa   Serviço comercial da Embaixada da França no Brasil UBIFRANCE BRASIL Serviço de Comunicação e Imprensa   Vera Dos Anjos - MTB 14.534 Responsável de Comunicação e Assessoria de Imprensa Tel.: (55 11) 3087.3122 vera.dosanjos@ubifrance.fr    

Millésime Bio aumenta sua área expositiva para sua 21ª edição em 2014

Gabriela Nakano - 16-sept.-2013 15:53:11
Encontro imperdível do setor de viticultura orgânica, o salão Millésime Bio está de volta de 27 a 29 de janeiro de 2014, no Parque de Exposições de Montpellier, na França, com a abertura de mais um hall. Durante três dias, mais de 4.000 profissionais irão ao encontro de 750 expositores vindos de todos os países ou regiões de produção. No âmbito desta 21ª edição: degustações, contato com produtores, conferências sobre o mercado do vinho orgânico… Millésime Bio, um conceito único • Agrupamento de uma oferta de vinhos orgânicos originários de todos os países ou regiões de produção. • Uma oportunidade de intercâmbio e descobertas com conferências e espaços de livre degustação. • Novidade 2014: a criação de um terceiro hall para otimizar as condições de degustação e acolher novos expositores! Resumo da edição de 2013 • 689 expositores produtores e negociantes (+ 5% em um ano) e 11 nacionalidades representadas, França, Itália e Espanha formam o trio principal. Os vinhedos austríaco, português e alemão acentuaram sua presença com, em 2013, produtores ainda mais numerosos. • 4.160 visitantes profissionais presentes em 2013 (contra 3.360 em 2012), sendo 24% visitantes estrangeiros. Os profissionais norte-americanos (13,7%), alemães (13,3%), escandinavos (10,7%), asiáticos (10,6%), de Benelux (10,6%), bem como britânicos / irlandeses (7,4%) são os principais participantes do salão. Quanto aos importadores, eles assumem a ponta como visitantes (19,8%) seguidos por comerciantes (18%), negociantes (8,65%) e pelo segmento de bares, hotéis e restaurantes (6,5%). Alguns dados sobre o mercado do vinho orgânico: Na área da produção • Com 64.801 ha em modo orgânico de produção na França em 2012 contra 61.055 ha em 2011, a uva orgânica registra uma progressão de 6%. • O número de propriedades vitícolas passou de 4.692 em 2011 para 4.927 em 2012 e as áreas vitícolas orgânicas quase triplicaram em 4 anos. Na frente do pelotão, 3 regiões francesas: Languedoc-Roussillon (20.795 ha ± 4% em um ano), seguida pela região Provence-Alpes-Côte d’Azur (14.885 ha ± 8% em um ano) e Aquitaine (9.752 ha ± 3% em um ano). • Lembremos também que a França atua como aluno exemplar em escala mundial, posicionando-se em segundo lugar, atrás da Espanha e diante da Itália. Na área do consumo • Em 2013, 1 em 3 franceses consome vinho orgânico regularmente ou de vez em quando, segundo um estudo sobre o consumidor da IPSOS e o faturamento 2012 atinge 413 M€ (+ 15% em um ano). As vendas para exportação cresceram (Alemanha, Estados Unidos, Japão...), representando 19% do faturamento do setor alimentício orgânico, ou seja, 58 M€. • Os circuitos de distribuição do vinho orgânico: 36% em venda direta, 27% em Distribuição Especializada Orgânica, 19% em Grandes Redes Varejistas e 17% através de Produtores-Comerciantes.  Para maiores informações: www.millesime-bio.com Sobre o Sudvinbio Sudvinbio surgiu em 1991 por iniciativa dos produtores que praticam esse tipo de agricultura, a fim de divulgar coletivamente seus vinhos. Anteriormente denominada Associação Interprofissional dos Vinhos Orgânicos do Languedoc-Roussillon (AIVB-LR), ela foi rebatizada de Sudvinbio em 2012. Sudvinbio é hoje reconhecida por todos os profissionais e poderes públicos como uma associação ativa e dinâmica que contribuiu amplamente para a notoriedade dos vinhos orgânicos não só da região de Languedoc- Roussillon, mas de outras regiões graças a suas inúmeras atividades. Contato imprensa Organizador na França, SUDVINBIO Cendrine Vimont Fone: (00XX334) 99 13 30 43 cendrine.vimont@sudvinbio.com Divulgação Brasil Vera Dos Anjos - mtb: 14.534 Responsável Comunicação e Assessoria de Imprensa UBIFRANCE Brasil Embaixada da França no Brasil Tel. direto: (55 11) 3087 3122 vera.dosanjos@ubifrance.fr Gabriela Nakano Assistente de comunicação UBIFRANCE BRASIL Embaixada da França no Brasil Tel.: (55 11) 30873172 gabriela.nakano.INT@ubifrance.fr Visite nosso blog: www.ubifrance.com/br

BALANÇO POSITIVO PARA A 19ª EDIÇÃO DO SALÃO MILLESIME BIO MONTPELLIER (FRANÇA) - DE 23 A 25 DE JANEIRO DE 2012

Fernanda Krueger - 28-févr.-2012 15:08:50
  Por ocasião de sua 19ª edição, o Salão MILLESIME BIO confirma seu papel de plataforma internacional de intercâmbio na área da viticultura orgânica. Evento único na França e no mundo, este salão conta com a fidelização de seus expositores e visitantes.   Exclusivamente reservado a vinhos orgânicos certificados, o MILLESIME BIO reuniu 588 expositores orgânicos certificados provenientes de 13 países e 3.360 visitantes de 38 nacionalidades diferentes. Duas convenções de negócios (vinhos e produtos agroindustriais e alimentícios orgânicos) organizadas pela Sud France Développement no próprio local do salão, possibilitou a participação de compradores de cerca de 75 empresas do ramo de exportação e dos mercados europeus.     Expositores: fidelização do Novo Mundo e desenvolvimento da Europa Mesmo com França, Espanha e Itália representando o principal trio de expositores, Áustria e Alemanha reforçam sua presença neste ano. Produtores e negociantes da África do Sul, Egito, Argentina e Estados Unidos também estão de volta em 2012, confirmando sua fidelidade em relação ao evento pelo terceiro ou quarto anos consecutivos. Visitantes: consolidação da atratividade do Salão O aumento na freqüência do salão ( 3.360 visitantes contra 3.200 em 2011*   ) confirma o interesse dos profissionais da área pelos vinhos orgânicos, bem como o dinamismo deste mercado em um contexto de crise econômica. Cada vez mais numerosos, os estrangeiros representam este ano 22% dos visitantes, tendo à frente profissionais do Benelux (16,7%), alemães (13%), norte-americanos (12,5%) e escandinavos (11,5%). Os comerciantes (19%) são os principais visitantes do salão, seguidos por importadores (13%), negociantes (10,5%) e representantes de bares, hotéis e restaurantes (7,5%). Os pontos altos do salão Áreas para degustação, uma enoteca e um espaço «Challenge Millésime bio» permitiram que os visitantes degustassem os produtos de cada expositor, bem como as safras premiadas no último concurso. Neste ano, o salão destacou o know-how e a excelência da oferta regional de vinhos orgânicos. No stand de degustação dos vinhos com o selo Sud de France, um sommelier apresentava uma seleção de vinhos orgânicos Languedoc-Roussillon, premiados em vários concursos de notoriedade internacional. O salão também promove intercâmbios através de mesas-redondas e conferências temáticas, como os «Encontros especializados sobre viticultura orgânica» que tinham como tema neste ano «A viticultura orgânica francesa no contexto europeu, posição e perspectivas». O crescimento do mercado de vinhos orgânicos é atualmente uma tendência que diz respeito à maioria dos países consumidores de vinho e seus circuitos de distribuição (comerciantes, representantes de bares, hotéis e restaurantes, varejistas, redes especializadas…). Criado em 1993 por um pequeno grupo de produtores da região de Languedoc-Roussillon, o MILLESIME BIO reúne anualmente expositores do mundo todo que divulgam vinhos de qualidade, provenientes da agricultura orgânica. Conta com o apoio financeiro do Conselho Regional Languedoc-Roussillon e da União Européia.   *um único registro por visitante   www.millesime-bio.com Contatos Imprensa: Cendrine Vimont vimont.aivb@orange.fr Fone: (00XX334) 99 13 30 43 AIVB-LR Arcades Jacques Cœur – Bât C 75, avenue de Boirargues 34970 Lattes - França Contato Assessoria de Imprensa UBIFRANCE Brasil: Vera Dos Anjos - mtb 14.534 vera.dosanjos@ubifrance.fr Responsável Comunicação, Assessoria de Imprensa  e Marketing on-line UBIFRANCE - Escritório de São Paulo Embaixada da França no Brasil Tels : (011) 30 87 31 22 (Vera/ direto) (011) 30 87 31 23 (Fernanda) SOBRE A UBIFRANCE A UBIFRANCE é uma agência governamental que tem por objetivo promover o desenvolvimento internacional das empresas francesas. Através dos nossos escritórios de São Paulo e Rio de Janeiro promovemos o fomento de parcerias e negócios entre empresas e instituições francesas e brasileiras. Visite nosso blog: www.ubifrance.com/br

MILLESIME BIO 2012: o Mundial do Vinho da agricultura orgânica

Fernanda Krueger - 05-oct.-2011 20:24:13
  Realizado no coração do Languedoc-Roussillon, na maior região vitícola orgânica da França, o MILLESIME BIO é um pólo de negócios que desempenha papel preponderante nos intercâmbios com conferências e espaços de livre degustação. A partir de agora, o salão é reservado exclusivamente aos vinhos orgânicos certificados (os vinhos em reconversão não são mais aceitos). De 23 a 25 de janeiro de 2012, mais de 600 expositores vindos de cerca de quinze países e aproximadamente 3.200 visitantes são aguardados em Montpellier. Um sucesso que confirma o interesse crescente pelos produtos orgânicos.   Exclusivamente reservado a expositores certificados orgânicos, originários de todos os países e regiões de produção e aberto unicamente a compradores profissionais, o MILLESIME BIO tem como objetivo reunir produtores do mundo inteiro para que apresentem vinhos de qualidade provenientes da agricultura orgânica. Criado em 1993 por um pequeno grupo de viticultores do Languedoc-Roussillon, o MILLESIME BIO reúne, a cada ano, os principais compradores do mundo do vinho: negociantes, corretores, donos de adegas, sommeliers, proprietários de bares, hotéis e restaurantes, importadores...   Vários eventos serão realizados durante o salão a fim de contribuir para a divulgação, os contatos e a convivialidade: espaços para degustação self-service, premiação do concurso " Challenge Millésime Bio " , conferências sobre o vinho orgânico e os mercados mundiais. A " Soirée des Vignerons " que ocorre por ocasião de um coquetel orgânico com acompanhamento musical e degustação de vinhos premiados no concurso também é um ponto alto que ilustra a convivialidade que reina no salão.   A edição anterior do MILLESIME BIO reuniu, em 2011, 560 expositores e 3.200 visitantes profissionais, sendo 21,5% visitantes estrangeiros.   Concurso "Challenge Millésime Bio": a vitrine da excelência Um concurso mundial, destinado a divulgar a qualidade dos vinhos provenientes da agricultura orgânica, é realizado desde 2008 com a finalidade de premiar os melhores vinhos orgânicos do ano. Nesta edição, cerca de 800 amostras serão degustadas por um júri de profissionais do vinho. A premiação oficial ocorrerá por ocasião de um coquetel no dia 24 de janeiro e um bar será especialmente montado para degustação dos vinhos premiados.   Números chave do mercado francês do vinho orgânico Com mais de 50.000 ha em sistema de produção orgânica na França em 2010 contra 39.000 ha em 2009, o vinhedo orgânico registra uma progressão de 28%. O número de propriedades vitícolas passou de 3.024 em 2009 a 3.945 em 2010, ou seja, um aumento de 30%. Na ponta, 3 regiões francesas se destacam: Languedoc-Roussillon (16.462 ha - + 30% em um ano), seguida pela Provence-Côte d’Azur (11.209 ha - +25% em um ano) e a Aquitaine (7.715 ha, +41% em um ano). Em termos mundiais, a França posiciona-se em terceiro lugar, após a Espanha e a Itália.   www.millesime-bio.com Contatos Imprensa: Cendrine Vimont vimont.aivb@orange.fr Fone: (00XX334) 99 13 30 43 AIVB-LR Arcades Jacques Cœur – Bâtiment C 75, avenue de Boirargues 34970 Lattes- França