BUSCA RESULTADOS

A França: um destino cada vez mais atrativo…

Gabriella Martins - 26-mai-2017 17:35:24
    A França: um destino cada vez mais atrativo…     A França foi o destino de 1.117 decisões de investimento por parte de empresas estrangeiras em 2016, ou seja, 21 decisões em média por semana e um crescimento de 16% em relação a 2015. Essas decisões criaram ou mantiveram 30.108 empregos no ano.      É o melhor resultado já registrado pela França ao longo dos dez últimos anos , como demonstra o “Relatório sobre a internacionalização da economia francesa – Balanço dos investimentos estrangeiros na França em 2016”.     A França atrai novas empresas . O número de novas implantações no país cresceu 20% em 2016 e representa a maioria dos investimentos decididos no ano (51%).     Logística, produção e inovação são os propulsores dessa tendência . As empresas estrangeiras investem em primeiro lugar nas atividades de produção e logística com 31% de investimentos realizados no país e 50% de empregos criados.      A internacionalização na França é uma etapa para uma internacionalização mais global. Em 2016, 30% das exportações francesas foram realizadas por filiais de grupos estrangeiros implantados na França.     O posicionamento geográfico da França, associado às infraestruturas de transporte de qualidade, a tornam um hub para o acesso a outros continentes. Mais de 80% das empresas estrangeiras consideram a França como uma plataforma para a exportação.     A inovação também está no centro das estratégias de implantação na França. Os projetos de pesquisa e desenvolvimento representam 10% das decisões de investimento; eles aumentaram 32% em relação a 2015. No geral, a contribuição das filiais dos grupos estrangeiros para os investimentos em pesquisa e desenvolvimento na França é de 28%.   A Alemanha e os Estados Unidos apostam na França. Os principais investidores na França são, pela primeira vez, as empresas alemãs (17%), que investem principalmente na produção de bens. As empresas americanas representam 13% dos investimentos totais, e ¼ dos investimentos em P&D. Os investimentos italianos representam 13% do total e o Japão é o primeiro investidor asiático.   Os países da União europeia são os primeiros investidores na França, representando 60% das decisões de investimento. Vêm depois a América do Norte (20%) e a Ásia (12%).   Os investidores estrangeiros beneficiam-se de um apoio real em seus processos de investimento. A Business France, agência publica que promove a atratividade econômica da França, e seus parceiros regionais estão na origem de mais da metade das decisões de investimento (643 em relação às 1.117 decisões). Em 2016, 3.360 empresas estrangeiras foram contatadas pelas equipes da agência na França e no exterior.   « A contribuição do investimento estrangeiro à economia de nosso país não precisa mais ser demonstrada, principalmente na P&D e na produção industrial. As filiais dos grupos estrangeiros empregam 21% dos funcionários na França nos setores da indústria. As equipes da Business France se dedicam todo o dia a convencer investidores estrangeiros da atratividade de nosso território, com o apoio de nossos parceiros regionais” constata Muriel Pénicaud, Diretora Geral da Business France.      … Também paras as empresas latino-americanas   A América Latina deu início à sua internacionalização e a França se posiciona como um destino estratégico. Mais de uma centena de empresas da América Latina estão presentes na França, as quais empregam mais de 4.000 funcionários.     RANKING DAS EMPRESAS LATINOAMERICANAS NA GERAÇÃO DE EMPREGOS NA FRANÇA     EMPRESA ORIGEM SETOR EMPREGOS CEMEX México Construção 2.000 VALE Brasil Metais 1.000 – 1.500 JBS Brasil Agrobusiness 700 - 800 MEXICHEM México Química 400 - 500 SIGDO KOPPERS Chile Construção 400 - 500     A França representou em 2016 25% dos investimentos latino-americanos na Europa, sendo um nível equivalente ao da Espanha (25%). Seguem a Suíça, o Portugal e a Alemanha (10% cada um). Em 2016, sete novos investimentos provenientes da América Latina foram realizados, permitindo assim, a criação de 89 empregos.   Os ¾ desses investimentos tinham como objetivo a criação de matrizes europeias, essencialmente no setor de softwares e informática, e de distribuição/supermercadista. Eles estão majoritariamente localizados na região da PACA e da Île-de-France.         Três empresas brasileiras se implantaram na França em 2016:     MOVILE: a empresa Maplink, que desenvolve softwares para a geolocalização e a logística, faz parte do grupo Movile desde 2004. Maplink comprou a empresa francesa Optilogistic, especializada em softwares de eficiência logística e implantada na cidade de Angers, na região Pays-de-la-Loire. Essa operação de 20 milhões de euros deverá criar mais de 20 empregos em Angers.     100%: A empresa 100%, especializada na moda praia, abriu sua primeira subsidiária europeia em Marseille. O escritório de Marseille vai empregar umas 10 pessoas.     BRB Bijoux: especializada na criação de bijuterias e produtos gourmets (brigadeiros), a empresa abriu sua sede europeia na França. Seus clientes são restaurantes, organizadores de eventos, padarias, pequenas lojas de moda, etc. Depois da França, a empresa quer expandir-se em outros países europeus (Itália, Espanha, Portugal, etc.)     O programa French Tech Ticket valoriza a qualidade das startups latino-americanas na conquista do mercado francês     Convencida da importância do papel das startups na economia de amanhã, a França quer internacionalizar o ecossistema empresarial, atraindo para seu território talentos, startups, scale-ups, investidores e mídias internacionais     Dentre os diversos programas desenvolvidos, o French Tech Ticket v isa a facilitar a criação de startups internacionais na França , através de uma série de vantagens:     Financiamento de € 45,000 por time sem perda de capital (€ 20k para cobrir despesas pessoais e € 25k para cobrir serviços profissionais). 12 meses de incubação em uma das 41 incubadoras francesas parceiras. Procedimento acelerado para a obtenção de uma permissão de residência francesa. Programa de Aceleração com aulas inaugurais sob medida, eventos para networking e sessões de mentoring. “Guia de Boas-Vindas” e ofertas especiais de nossos parceiros a fim de auxiliar os ganhadores a se instalarem facilmente na França. Contato de assistência no formato “ Help Desk ” aos empreendedores estrangeiros para procedimentos administrativos.   Em dois anos, 230 empreendedores estrangeiros foram selecionados, após a análise de 4.500 candidaturas provenientes de mais de 100 países, para lançar suas startups na França e se beneficiar das facilidades e do acompanhamento específico proposto pelo Estado francês e pelos parceiros do programa French Tech Ticket.   Prova do espírito de inovação latino-americano , as startups da região ocupam um lugar significativo no concurso French Tech Ticket. Em 2016, elas apresentaram 389 projetos , representando cerca de 14% dos projetos globais e um crescimento de 170% em relação a 2015. As empresas brasileiras apresentaram 118 projetos em 2016 versus 76 em 2015.   Prova da qualidade do empresariado latino-americano , 14 startups latino-americanas foram premiadas, representando 20% do total de premiados no mundo.   O Brasil está no alto do pódio com a 4ª colocação mundial em termos de premiados, com sete startups, que representam 50% dos premiados latino-americanos e 10% dos premiados mundiais.       As seguintes empresas brasileiras foram selecionadas:       BIZ.U – Rio de Janeiro   Startup de análise de RH. Mede traços de personalidade e os transforma em dados sobre o comportamento e a compatibilidade do candidato para um determinada vaga de emprego, ajudando assim, a tomada de decisão do RH ( WWW.BIZU.VC )     CUBOS – Sao José (Santa Catarina)   Concepção e produção de satélites de baixo custo para instituições e governos, no mundo todo, a fim de lançar missões espaciais com maior frequência e de maneira mais econômica ( WWW.CUBOS.SPACE )     GIGLOOP - Joinville   Gigloop racionaliza a reserva de talentos da música para performances live ( WWW.GIGLOOP.COM )     KG PROTECH – São Paulo   KG Protech propõe a formação de técnicos automotivos à distância simulando defeitos dentro de um carro graças a seus dados próprios ( WWW.KGPROTECH.COM )     NURTURE – Porto Alegre   Um app com uma assistente inteligente que troca mensagens de SMS com pacientes e os analisa utilizando algoritmos de machine learning para detectar o nível de humor e motivação dos pacientes. Um conteúdo baseado em teorias comportamentais é enviado para encorajar a adesão dos pacientes a tratamentos e regimes (WWW.NURTURE.BE)     SOLUZ ENERGIA - Florianópolis   Consiste em um equipamento de troca de calor preso em um painel fotovoltaico para recuperar a energia termal residual, esquentando a água e esfriando as células. Dessa forma, o consumo de eletricidade é reduzido ( WWW.SOLUZENERGIA.COM )     WISEREADER – Sao Paulo   Cria livros digitais personalizados seguindo as preferências de cada leitor.     ( WWW.WISEREADER.IO )     Para melhor acolher esses talentos e as mulheres e os homens que encabeçam esses projetos, a França põe à disposição um dispositivo específico e moderno     O site « Welcome to France » , lançado pela Business France, é um serviço de informação destinado aos talentos estrangeiros e às suas famílias, em deslocamento/mobilidade profissional. Ele tem por objetivo os guiar nas primeiras etapas da expatriação na França, oferecendo um site único que concentra o conjunto das informações e etapas necessárias para otimizar a sua chegada na França (visto, título de residência e autorização de trabalho, fiscalização, proteção social, dia-a-dia – escolarização, moradia, etc.)     Segundo Michel Sapin, Ministro da Economia e das Finanças, “A implantação de dispositivos completos de acolhimento é útil e necessária para fazer do nosso país um espaço acolhedor para todos aqueles que queiram trabalhar, montar seus negócios, investir na França.   Essa facilitação dos procedimentos é uma etapa chave na nossa política em prol da atratividade do nosso país. Outras ações foram promovidas nesse sentido nos últimos meses, especialmente com a implantação de um regime fiscal mais favorável para estes talentos recentemente instalados em nosso país. Dessa forma, a Lei de Finanças para 2017 adotou a prorrogação para oito anos do regime especial aplicado aos expatriados. Essas disposições colocam a França entre os países melhores dotados na Europa para receber talentos. Enfim, o governo comprometeu-se em abrir turmas internacionais, o quanto for necessário, nos colégios e liceus franceses a fim de facilitar a escolarização dos filhos destes expatriados. ”     O “French Tech Visa” também será lançado no outono de 2017. Esse dispositivo se apoia sobre o novo título de residência francês “Passeport Talent” que foi lançado no final de 2016 (um título de residência com duração máxima de quatro anos, renovável, e que tem como objetivo facilitar o acesso ao direito de residência aos talentos que a França pretende acolher cada vez mais) e oferece um acompanhamento passo-a-passo para a obtenção dos títulos de residência.  

So french so good! Ou o toque francês nos produtos gourmets.

Catherine Ferrão - 17-juil.-2014 15:50:13
Entrevista Christophe Monnier, Chefe do Departamento Produtos e Segmentos Alimentícios da UBIFRANCE Com a França sendo o reino da gastronomia, a cultura das papilas irradia mundialmente no plano econômico. O setor de produtos gourmets francês representa 7 bilhões de euros, engloba 250 categorias, ou seja, 16% do total das exportações agrícolas e alimentícias francesas. E 1.200 empresas, das quais 90% são PME’s, dedicam-se à exportação. O que torna os produtos franceses tão atrativos? Christophe Monnier, expert do setor gastronomia da UBIFRANCE, diz tratar-se de um segmento dinâmico, com uma linha de produtos gourmets ampla e diversificada. Panificação-confeitaria, bolachas, chocolates e queijos especiais são as principais categorias de produtos exportados. A França distingue-se em duas frentes:    -    Respeito absoluto pelo sabor, autenticidade e tradição do «terroir français». Cada produto é único, com sua história própria, sua comercialização adaptada. Sensibilização profunda dos profissionais em relação aos problemas de saúde e ambiental. Os produtos gourmets franceses são cuidadosamente preparados respeitando-se a rastreabilidade, coferindo às marcas francesas confiança e reconhecimento no mundo inteiro. Grandes nomes do setor gastronômico francês: Valrhona (chocolates de alta qualidade), Rougié (célebre foie gras francês), Bridor (panificação francesa), Boirons (frutas e legumes, geleias) e inúmeras outras empresas francesas são extremamente atuantes e empenham-se em sê-lo cada vez mais, para servir uma clientela internacional exigente. O departamento de Christophe Monnier assessora todos os anos mais de 800 empresas na realização de missões de prospecção, no âmbito de programas como «Saveurs de France», através dos quais os exportadores franceses ganham visibilidade em novos mercados: América Latina ou Ásia, ali expondo seu know-how. É a oportunidade para que os importadores e contatos locais encontrem as empresas francesas por ocasião de reuniões nas quais os participantes são cuidadosamente selecionados para maximizar as chances de sucesso. Os fornecedores franceses de produtos gourmets dão maior ênfase ao mercado francês e zonas francófonas. No entanto, foi difícil crescer em 2013 em países como a Suíça (0,4%) e a Bélgica (4,2%), cujas oportunidades estão relativamente saturadas. Incentivadas pela emigração em Londres, as empresas francesas mais intrépidas atravessaram o Canal da Mancha, incrementando o crescimento do setor de produtos gourmets no Reino Unido (8.9%). As empresas inovadoras, por sua vez, foram além destes mercados tradicionais, lá onde os índices de crescimento atingem dois dígitos: Áustria (17,1%), Rússia (13,5%). Na realidade, quanto mais longe os exportadores vão, mais eles são recompensados. Na Ásia, os índices de crescimentos explodiram: China 33.3 %, Singapura 14,3%, Hong Kong 12,8%. Segundo Christophe Monnier, as três prestigiosas vitrines dos talentos franceses são: o SIAL e o EUROPAIN , por um lado, conhecidos por serem espaços onde ocorrem as transações, em particular de produtos de consumo. O Sommet Cuisine no SIRHA em Lyon, por outro lado, evento culinário de vanguarda, pois todo o know-how francês da gastronomia encontra-se mobilizado para uma experiência cada vez mais excepcional em um espaço de 40.000 metros quadrados. Este evento é conta com o prestigioso prêmio "Bocuse dOr", concurso de cozinha disputado entre os chefs mais renomados do mundo, representando seus países respectivos. Premia-se a excelência criativa, os ingredientes fabulosos e o talento culinário! Para mais informações sobre as empresas francesas, consulte o anuário YOU BUY FRANCE em ubifrance.com: > Panificação, alimentação fina , confeitaria e diversos produtos gourmets e gastron ômicos

Encontro gourmet em São Paulo

Fernanda Krueger - 02-juil.-2012 20:02:32
Por ocasião do lançamento do SIAL Brazil – edição brasileira do Salão Internacional da Alimentação, a Paris Region Economic Development Agency (PREDA) realizou, no dia 26 de junho de 2012, um evento gourmet à francesa em São Paulo. Este evento, que promoveu a integração entre profissionais brasileiros e franceses, teve como objetivo destacar as várias oportunidades de negócios oferecidas às empresas brasileiras pela região de Paris e seus salões dedicados à agroindústria e indústria alimentícia. Vieram de Paris para o encontro com profissionais brasileiros: Jean-Luc Margot-Duclot, Vice-Presidente Executivo Sênior da PREDA, Valerie Lobry, Diretora Geral – Divisão Agricultura & Alimentação da Comexposium que representa diversos salões líderes do setor, bem como Olivia Milan-Grosbois, Diretora do SIAL group. Durante seu discurso, Jean-Luc Margot-Duclot lembrou que os mercados brasileiro e francês oferecem excelentes oportunidades de negócios para as empresas dos dois países, como comprova o número crescente de brasileiros presentes nos salões parisienses. Jean-Luc Margot-Duclot também ressaltou o papel dos salões da região Ile-de-France como plataformas mundiais da inovação, observatórios de tendências e propulsores de negócios. Paris – ponto alto da gastronomia mundial – reúne uma oferta única no mundo, composta por 14 salões líderes ligados à agroindústria e indústria alimentícia dos quais se deve participar para estar em sintonia com o mercado mundial. Valérie Lobry agendou um encontro com os profissionais brasileiros do setor em Paris, de 21 a 25 de outubro próximo, por ocasião do SIAL Paris. Ela anunciou a realização de uma edição ainda mais abrangente com possibilidades de negócios otimizadas graças a setores revisitados, uma gama completa composta por 6.000 expositores aguardados - 80% de estrangeiros originários de mais de 106 países, visitantes implicados e dispostos a negociar – 140.000 profissionais previstos provenientes de 200 países – uma participação brasileira em ascensão e, mais do que nunca, a presença da inovação como tema do salão. Uma edição decididamente voltada para os grandes desafios enfrentados pelos profissionais da alimentação no mundo. A diretora citou ainda os outros eventos do setor: IPA, Salão Internacional do Processamento e Acondicionamento de Alimentos (21.10.-25.10.2012), In-Food, Salão de Produtos Alimentícios Intermediários, Ingredientes, Aditivos e Terceirização Industrial (21.10.-25.10.2012), Emballage, Salão Internacional da Embalagem (19.11.-22.11.2012), SIAL, Salão Internacional da Agricultura (23.02.-03.03.2013) e SIMA, Salão Internacional de Máquinas Agrícolas (24.02.-28.02.2013).  Tendo em vista os desafios atuais da agroindústria e indústria alimentícia, estes salões parisienses com participação internacional representam incontestavelmente uma plataforma ideal para conquistar os mercados francês e europeu, conhecer as tendências futuras e estar em contato com as personalidades internacionais do setor. Principal região do mundo na área de organização de salões internacionais e congressos, a região de Paris acolhe anualmente mais de 440 salões, dos quais participam 10 milhões de visitantes profissionais e 100.000 empresas expositoras, que fazem de Paris o principal destino de negócios na Europa. Com mais de 666.700 m² de área bruta de exposição, a região também oferece a principal área de exposição do mundo.  

Gastronomia francesa recebe prêmio de "Patrimônio Cultural Imaterial da UNESCO"

Vera Dos anjos - 04-mai-2011 22:28:39
    O Ministro do Comércio Exterior da França – Sr. Pierre Lellouch esteve em São Paulo e no Rio de Janeiro na última semana de abril (25 a 27 de Abril), ocasião em que realizou o lançamento oficial da Campanha “So French So Good” durante a Expovinis (SP) e em seguida na Rio Boat Show (RJ), dando continuidade a esta campanha mundial cujo objetivo é promover internacionalmente os produtos alimentares, a mesa posta e, de modo geral, a “art de vivre” à francesa após o reconhecimento internacional da “gastronomia francesa”, que foi elevada à categoria de patrimônio Cultural Imaterial da Unesco em 19 de novembro de 2010. Até o final de 2011, a campanha So French, So Good terá sido lançada em 12 países prioritários que concentram 66% das exportações francesas de produtos alimentares transformados: Espanha, Alemanha, Bélgica, Itália, Grã Bretanha, China, Suécia, Emirados Árabes, Estados Unidos, Japão, Rússia e Brasil.   A UBIFRANCE Brasil organizou o lançamento oficial da campanha para na último dia 26 de abril, no Pavilhão França, por ocasião da EXPOVINIS, o maior encontro de vinhos da América Latina e no dia 27 de abril na Rio Boat Show, importante evento do setor náutico no Brasil. O Pavilhão França da Expovinis contou com uma área 552 m² e com 64 empresas permitindo aos profissionais brasileiros do vinho descobrir os produtos e o savoir faire franceses. A feira é um inegável catalisador do setor, fomentando e acelerando o contato entre produtores nacionais e internacionais com os players do mercado brasileiro e demais mercados mundiais. A Campanha ”So French, So Good”   Esta campanha transmite a mensagem acolhedora, inovadora, acessível e alinhada com as tendências atuais de consumo: · o sentimento de compartilhar e a convivialidade durante as refeições, algo característico dos franceses; · a criatividade, que envolve esses valores, dos chefes franceses e internacionais; · a qualidade e a diversidade dos produtos alimentares franceses; · o acesso às técnicas culinárias  Ao longo de 3 anos, diversas ações serão realizadas para a promoção da gastronomia francesa :   ·         A Campanha inclui vídeos que destacam, para cada país, os produtos e o savoir faire franceses, através de receitas locais inovadoras e fáceis de preparar;   ·         uma plataforma Internet, um verdadeiro portal da gastronomia francesa , que permitirá aos importadores estrangeiros visitar os estandes virtuais das empresas francesas e participar de apresentações interativas. O respeito aos consumidores estrangeiros lhes permitirá encontrarrestaurantes e produtos franceses em qualquer lugar do mundo, graças a um aplicativo de geolocalização disponível para download.   ·          a criação de um Festival mundial da gastronomia francesa que envolve a celebração do dia 14 de julho, festa nacional Francesa.   ·         a presença nas grandes feiras mundiais com apresentações culinárias e gastronômicas, assim como uma Casa da gastronomia francesa , que, aos poucos, será instalada nos aeroportos internacionais e nos grandes centros comerciais. A UBIFRANCE BRASIL organiza também este ano outros eventos para promoção da gastronomia francesa:     ·          Délices de France Grande encontro com 15 empresas francesas. Demonstração de produtos franceses do setor de gastronomia, produtos gourmets e luxo. Evento destinado à grandes chefes, importadores e distribuidores de produtos delicatessen. São Paulo: 05 e 06/Julho – Rio de Janeiro: 07 e 08/Julho de 2011.   ·          Pavilhão França na FIPAN 2011 10 empresas francesas especializadas em fornos, equipamentos para embalagem, aromatizantes, colorantes naturais, farinha de trigo, xaropes, biscoitos, ingredientes e cereais técnicos, conceito de padarias e soluções de negócios irão expor seus produtos e serviços. O Pavilhão França contará com uma animação especial. Visite o nosso estande B10 do Pavilhão Azul no Expo Center Norte em São Paulo, de 19 a 22 de julho de 2011.   Para mais informações, consulte o site: www.sofrenchsogood.com e www.ubifrance.com/br Vera Dos Anjos Responsável Comunicação, Assessoria de Imprensa e Promoção VIE Ubifrance – Missão Econômica de São Paulo Embaixada da França no Brasil Rua Marina Cintra, 94 – 01446-901 SÃO PAULO – SP Tels (55 11) 30 87 31 22; Fax: (55 11) 30 87 31 01 vera.dosanjos@ubifrance.fr UBIFRANCE Agência francesa para o desenvolvimento internacional das empresas www.ubifrance.fr  
Conheça nossa equipe
  Richard Gomes - Diretor Business França América Latina. Depois de completar seu VIA no Brasil em 1996, Richard Gomes ocupou vários cargos de Direção no setor das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) na França, Portugal e Califórnia. Ele liderou o departamento de Novas Tecnologias, Inovação e Serviços em Ubifrance, em Paris, de 2009 a 2012 e foi Diretor de Negócios França-Península Ibérica de 2012 a 2017, antes de retornar ao Brasil em setembro de 2017. Sua experiência em TIC, bem como seu bom conhecimento sobre o ambiente tecnológico francês e americano, permitiram que ele fosse eleito entre as 100 personalidades digitais na França pela revista 01Informatique (novembro de 2010). Richard possui um DESS em Bancos e finanças e mestrado em economia e finanças internacionais pela

Leia mais

Facebook
Area de Imprensa & Mídia
Lista de últimos comentários

Excelente evento! Parabéns pela org...

Mauro Henrique Pereira | octobre 22, 2014

O Seminário foi um sucesso. Parab&#...

Peter Alouche | mars 26, 2013

Parabenizo à UbiFrance pela realiza...

Marcelo Sakai | Covoiturage/Caronas | djengo.com.br | mars 19, 2013