Industrias & Cleantech

A CHEGADA DAS SMART GRIDS E OS NOVOS DESAFIOS

Gabriella Martins - 25-sept.-2017 22:28:51

      BRASIL E FRANÇA ANALISAM AS PRINCIPAIS SOLUÇÕES   Esta semana, São Paulo realiza, de 19 a 21 de setembro, o principal encontro de utilities da América Latina, o LATIN AMERICAN UTILITY WEEK TRADE SHOW . Numa programação paralela a este evento, a Business France – Agência nacional de apoio à internacionalização da economia francesa , com o apoio da AES Eletropaulo , CPFL Energia , Grupo Energisa , Isa CTEEP , Abradee e Abrate , trouxe ao Brasil algumas empresas francesas de destaque neste setor, RTE International, Senseor e Arc Informatique, para troca de experiências com os principais players do setor.      Como explica Bruno Meyer - Business Development Manager da RTE International e responsável internacional da Associação francesa Think Smartgrid , “ - as empresas francesas estão discutindo as principais tendências de modernização que ocorrem hoje no mundo no setor das Smart Grids , com foco na integração e otimização das redes e no desenvolvimento de novas soluções. Um dos grandes desafios que teremos na França é a transformação que ocorrerá no parque automotivo francês: daqui até 2040, todos os veículos franceses deverão ser elétricos. Temos que estar prontos”.      Os sistemas de transmissão e distribuição de energia elétrica enfrentam atualmente vários desafios devido à uma importante mudança no cenário mundial: a necessidade de atender às demandas das populações urbanas em expansão, que utilizam cada vez mais equipamentos digitais, o avanço das fontes alternativas e renováveis (como a solar e a eólica sobretudo), a necessidade de uma energia que resista a ataques cibernéticos e intempéries naturais, que tenha uma capacidade de auto recuperação, etc.    Smart grids , ou “redes inteligentes”, são os sistemas de distribuição e de transmissão de energia elétrica que foram dotados de recursos de Tecnologia da Informação (TI) e de elevado grau de automação, de forma a ampliar substancialmente a sua eficiência operacional. Graças ao alto nível de tecnologia agregado, as Smart grids conseguem responder a várias destas demandas da sociedade moderna, tanto no que se refere às necessidades energéticas, quanto em relação ao desenvolvimento sustentável. Assim, as Smart grids também vêm sendo apontadas como uma ferramenta providencial para os países se ajustarem às demandas resultantes do Protocolo de Kyoto. A maior eficiência e controle do fluxo de energia oferecido pelas Smart grids , proporcionam um conjunto variado e abrangente de benefícios para consumidores, concessionárias de energia e para o próprio sistema elétrico como um todo . O coração deste sistema são os medidores eletrônicos inteligentes , versões mais modernas que os medidores convencionais, que disponibilizam uma série de funcionalidades inovadoras, como o envio de eventos e alarmes, além da possibilidade de medição remota .    Mas um dos principais desafios desta nova realidade é o econômico. A evolução do sistema deve ser feita com um custo controlado e otimizado, evitando superinvestimentos em uma infraestrutura superdimensionada ou ainda um sistema inutilmente sofisticado. A reorganização dos atores e a viabilidade de seus modelos de negócios para obter uma boa eficiência econômica, representam um verdadeiro desafio a vencer.   A segurança, eficiência e a confiabilidade do sistema elétrico são também um desafio fundamental . O novo sistema deve, no mínimo, ter a mesma disponibilidade que o sistema tradicional e para isto, os sistemas de comunicação devem estar tecnicamente adaptados e ser perfeitamente confiáveis e seguros.      Think Smartgrid      A Associação francesa Think Smartgrid , surgiu na França, em 2015 , para integrar a fileira de Redes Elétricas Inteligentes (REI), promovê-la e exportar as soluções ao redor do mundo. Ela agrega empresas de todos os portes - muitas vezes concorrentes entre si - mas dispostas a desenvolverem projetos em comum, para o desenvolvimento deste mercado. Esta também é uma forma de mobilizar eficientemente os fundos públicos, bem como os investimentos dos operadores gestionários das redes. A estimativa é que hoje, este mercado global atinja 30 bilhões de Euros. https://www.thinksmartgrids.fr/les-associes-observateurs/     Sobre a RTE INTERNATIONAL   A RTE International é uma filial da RTE - a gestora francesa de rede de transmissão de eletricidade. A RTE International foi criada em 2006, para desenvolver atividades de consultoria e de engenharia para clientes estrangeiros, localizados fora do território francês. Desde então, mais de 100 projetos foram realizados em cerca de 30 países ao redor do mundo e a empresa vem pela primeira vez apresentar seu portfólio de serviços de excelência ao mercado brasileiro.     A RTE International coordena a rede europeia ENTSO-E de operadores de sistemas de transmissão (Trasmission System Operator – TSO), o CIGRÉ – Conselho Internacional de Grandes Redes Elétricas e o VLPGO (Very Large Power Grid Operators) operadores de redes, incluindo o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS), e desenvolve parcerias internacionais com empresas de transmissão e operadores de sistema. Ela possui uma grande expertise em interconexão de redes, operação de sistema elétrico, gestão da rede e manutenção de alta tecnologia. http://www.rte-international.com/Home/Welcome       Sobre a ARC INFORMATIQUE   A ARC Informatique é uma empresa francesa, líder europeu em automação e tecnologia da informação para a indústria. A empresa, também presente no Brasil , oferece um conjunto de produtos de software e hardware adaptados para o mercado brasileiro de gerenciamento predial, energia, O&G, indústria, infraestrutura, transportes e estações de tratamento de água e esgoto, através de uma gama de produtos e serviços como o PCVUE (HMI/SCADA), estação de trabalho HMI (human machine interface), gerenciamento de plantão, software de relatórios, gerenciamento de rede e aquisição de dados. http://brazil.pcvuesolutions.com/       Sobre a SENSEOR   A SENSEOR é uma empresa francesa de alta tecnologia que utiliza as ondas acústicas de superfície (Surface Accoustic Waves – SAW) para conceber sensores térmicos passivos, exclusivos, e sem fios. Ela possui 10 anos de experiência e faz parte do Grupo Wika desde 2012.   A tecnologia da Senseor se distingue no mercado pela sua manutenção quase inexistente e pela possiblidade de mensuração de campos eletromagnéticos e sob radiação, peças em rotação, sob altas temperaturas e sob pressão, que atualmente são de medição difícil e dispendiosa. Possui soluções para monitoramento de equipamentos de T&D, combinando temperatura on-line e monitoramento de descarga parcial, com um sistema de plug and play modular e econômico, baseado em sensores passivos e sem fio. www.senseor.com       Contatos imprensa:     Vera dos Anjos   Responsável de Comunicação   vera.dosanjos@businessfrance.fr   Tel.: (11) 3087 3122     Sobre a Business France:   Business France é a agência nacional de apoio à internacionalização da economia francesa, responsável por impulsionar o crescimento das exportações de empresas francesas, bem como prospectar e facilitar os investimentos estrangeiros na França. Ela promove a atratividade e a imagem econômica da França, suas empresas e seus territórios. A Business France conta com 1.500 colaboradores, situados na França e em 70 países, que trabalham com uma rede de parceiros do setor público e privado. Para mais informações, visite : www.businessfrance.fr


CONHEÇAM AS TECNOLOGIAS FRANCESAS QUE ESTARÃO NO BRASIL

Gabriella Martins - 18-sept.-2017 19:04:53

Paralelamente ao evento LATIN AMERICAN UTILITY WEEK trade show que ocorre nesta próxima semana (de 19 a 21 de setembro de 2017, no Transamérica Expo Center), a Business France – agência nacional de apoio à internacionalização da economia francesa - reunirá no Brasil alguns dos mais importantes players franceses do setor de Smart Grid , interessados em compartilhar suas experiências e savoir-faire com o mercado brasileiro.      Com o apoio da AES Eletropaulo, CPFL Energia, Grupo Energisa, Isa CTEEP, Abradee, e Abrate, as empresas francesas RTE International, ARC Informatique e SENSEOR apresentarão na sede da Business France em São Paulo (rua Marina Cintra, 94 – Jardim Europa) , toda a expertise francesa em Transmissão e monitoramento de redes de energia elétrica.      Vejam abaixo quem são estas empresas, suas experiências no mercado internacional e de que forma elas podem contribuir com o sistema brasileiro:      A RTE International é uma filial da RTE - a gestora francesa de rede de transmissão de eletricidade . A RTE International foi criada em 2006, para desenvolver atividades de consultoria e de engenharia para clientes estrangeiros, localizados fora do território francês.     Desde então, mais de 100 projetos foram realizados em cerca de 30 países ao redor do mundo e a empresa vem pela primeira vez apresentar seu portfólio de serviços de excelência ao mercado brasileiro.    A RTE International coordena a rede europeia ENTSO-E de operadores de sistemas de transmissão (Trasmission System Operator – TSO), o CIGRÉ – Conselho Internacional de Grandes Redes Elétricas e o VLPGO (Very Large Power Grid Operators) operadores de redes, incluindo o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS), e desenvolve parcerias internacionais com empresas de transmissão e operadores de sistema.    Ela possui uma grande expertise em interconexão de redes, operação de sistema elétrico, gestão da rede e manutenção de alta tecnologia . Seu representante Bruno Meyer – Business Development Manager e Responsável internacional da Associação francesa Think Smartgrid, também participará do Latin American Utility Week Trade Show com uma palestra no dia 20/09.     http://www.rte-international.com/Home/Welcome   https://www.thinksmartgrids.fr/les-associes-observateurs/           A ARC Informatique é uma empresa francesa, líder europeu em automação e tecnologia da informação para a indústria.    A empresa dedica-se há mais de 30 anos em oferecer soluções para monitoramento e controle de processos complexos e segurança.    A Arc Informatique investe constantemente em novas tecnologias que se integram em produtos que permitem aos seus clientes reduzir os custos de produção, gerir o consumo de energia e otimizar os processos produtivos e as instalações.  A empresa oferece um conjunto de produtos de software e hardware adaptados para o mercado brasileiro de gerenciamento predial, energia, O&G, indústria, infraestrutura, transportes, e estações de tratamento de água e esgoto, através de uma gama de produtos e serviços como o PCVUE (HMI/SCADA), estação de trabalho HMI ( human machine interface ), gerenciamento de plantão, software de relatórios, gerenciamento de rede e aquisição de dados.     Adriano Pedroso Puda – Gerente Comercial para o Brasil   http://brazil.pcvuesolutions.com/             A SENSEOR é uma empresa francesa de alta tecnologia que utiliza as ondas acústicas de superfície (Surface Accoustic Waves – SAW) para conceber sensores térmicos passivos, exclusivos, e sem fios.    A empresa possui 10 anos de experiência e faz parte do Grupo Wika desde 2012. Seu time de especialistas é composto por engenheiros que fornecem serviços de engenharia de campo e de desenvolvimento customizados, além de um amplo portfólio de sensores padrão de aplicação na Indústria e no setor de Energia.    A tecnologia da Senseor se distingue no mercado pela sua manutenção quase inexistente e pela possiblidade de mensuração de campos eletromagnéticos e sob radiação, peças em rotação, sob altas temperaturas e sob pressão, que atualmente são de medição difícil e dispendiosa. A empresa é membro da associação francesa Think Smartgrids.   Em sua vinda ao Brasil, a empresa vai apresentar aos potenciais parceiros e clientes suas últimas soluções para monitoramento de equipamentos de T&D, combinando temperatura on-line e monitoramento de descarga parcial, com um sistema de plug and play modular e econômico, baseado em sensores passivos e sem fio.      Stéphane Tourette – Engenheiro e PhD da Senseor representará a empresa na ocasião.   www.senseor.com       Serviço:   Data: Dia 18 de Setembro de 2017   Local: Sede da Business France em São Paulo   Rua Marina Cintra, 94 – Jardim Europa – cep 01446-901   Contato comercial :   Arthur Orlando Gerente Comercial Setor de Energia Departamento de Indústrias e Cleantech arthur.orlando@businessfrance.fr Tel.: (21) 3974 6884     Imprensa :   Vera dos Anjos Responsável de Comunicação vera.dosanjos@businessfrance.fr Tel.: (11) 3087 3122 ou Gabriella Martins Assistente gabriella.martins.int@businessfrance.fr Tel.: (11) 3087 3100 – ramal 170  


A NBC na conquista dos mercados brasileiro e sul-americano

Gabriella Martins - 03-avr.-2017 21:20:56

  O centro de estudos e de pesquisas aplicadas sediado na Guiana Francesa, NBC, tem interesse em se desenvolver para além do arco caribenho e marcará presença como expositora no Pavilhão França da POLLUTEC BRASIL 2017.       Exercendo suas atividades desde 1993 na área da água (água potável e esgoto) e do meio-ambiente, no meio urbano, rural ou industrial, a NBC estará presente na Feira Internacional de Tecnologia e Soluções Ambientais – POLLUTEC Brasil 2017, entre os dias 04 e 07 de abril em São Paulo, com o objetivo de firmar relações técnicas e comerciais entre o Brasil e a Guiana Francesa.   O centro de estudos guianês desenvolve desde atividades clássicas (estudos, diagnósticos, inventários faunísticos e florísticos, auditoria e conselhos) até atividades de pesquisa aplicada (patentes de invenções, parcerias universitárias), tanto para grandes grupos do setor privado (SUEZ, VINCI, Centro Espacial Guianês) quanto para o setor público em conjunto com coletivos do meio amazônico. Além disso, ainda participa de ações humanitárias de desenvolvimento local (Haiti) ou na resolução de problemas de acesso à água em locais isolados da região amazônica.   A NBC é o parceiro privilegiado na Guiana da empresa HACH, líder mundial no setor de monitoramento e análise de água do grupo francês AQUALABO. Essas parcerias exclusivas os   permitem garantir auditorias técnicas das instalações, intervenções específicas (calibragem) e a venda de materiais de última geração (medidores de vasão, analisadores fisioquímicos, etc).   Em 2014, inaugurou um departamento “Qualidade do ar” e dispôs de uma licença exclusiva de processos APIDIAG e APIALERT em que abelhas são utilizadas para a biovigilância do meio-ambiente.     Atualmente 30% dos negócios da NBC são voltados para a exportação, e um dos maiores objetivos da empresa é de crescer internacionalmente para além do arco caribenho. Sendo assim, reforçar a cooperação tecnológica e comercial no que diz respeito à água e ao meio-ambiente entre a Guiana e o Brasil, é uma meta a se perseguir em 2017.       Para mais informações:     NBC SARL M. Nicolas BREHM - Diretor Route de Montabo 5, résidence Océane – 97300 CAYENNE, Guiana Francesa Tel : +594 594 29 07 70 – Cel : +33 09 70 460 360 nicolas.brehm@nbcsarl.com www.nbcsarl.com     Business France Gabriella Martins – Assessoria de Imprensa Rua Marina Cintra, 94 – Jardim Europa 014460-901,   São Paulo – SP +55 11 30 87 31 22 gabriella.martins.int@businessfrance.fr www.businessfrance.fr             Sobre a Business France:   Business France é a agência nacional de apoio à internacionalização da economia francesa, responsável por impulsionar o crescimento das exportações de empresas francesas, bem como prospectar e facilitar os investimentos estrangeiros na França. Ela promove a atratividade e a imagem econômica da França, suas empresas e seus territórios. A Business France conta com 1.500 colaboradores, situados na França e em 70 países, que trabalham com uma rede de parceiros do setor público e privado. Para mais informações, visite: www.businessfrance.fr   hjukhgkhgkjkjkj


Business France Lança Estudo de Mercado de Petróleo e Gás

Gabriella Martins - 10-janv.-2017 17:32:59

  O estudo de mercado do setor de Petróleo e Gás “Analyse Potentiel de Marché des Hydrocarbures – Brésil 2017” realizado pela Agência de Internacionalização da Economia Francesa - Business France, já está disponível para compra no site da Livraria do Comércio Internacional da própria Business France.   Pelo valor de 80 Euros (sem as taxas), o estudo voltado para as empresas fornecedoras francesas está disponível na versão francesa e foi composto por dados atualizados até dezembro de 2016. Uma oportunidade excelente para conhecer as tendências do mercado esse ano. Link para compra: http://export.businessfrance.fr/001B1700091A+le-marche-des-hydrocarbures-au-bresil-2017.html  


Resultados favoráveis da Alstom em 2015/16

Victoria Franco - 23-mai-2016 17:45:44

Um ano comercial recorde Um desempenho operacional excelente Um balanço sólido Os objetivos 2020 confirmados   Entre 1º de abril de 2015 e 31 de março de 2016, a Alstom registrou um desempenho comercial recorde com contratos firmados de 10,6 bilhões e uma carteira de projetos de 30,4 bilhões de euros. Durante esse mesmo período, o faturamento, que atingiu 6,9 bilhões de euros, cresceu 12% (7% em perímetro e taxas de câmbio constantes). O lucro operacional chegou a 366 milhões de euros, em elevação de 23% em relação ao último ano, ou seja, uma margem de 5,3%. O lucro líquido (quota do Grupo) atingiu 3,0 bilhões de euros, computando-se a venda das atividades “Energia” à General Electric e após o impacto de depreciações excepcionais, principalmente na França. A Alstom dispõe atualmente de um balanço muito sólido. A dívida líquida caiu para 0,2 bilhão de euros em 31 de março de 2016 contra 3,1 bilhões de euros em 31 de março de 2015. Os capitais próprios eram de 3,3 bilhões de euros em 31 de março de 2016. Após a distribuição de 3,2 bilhões de euros aos acionistas através de uma oferta pública de compra de ações, o conselho de administração proporá a não distribuição de dividendos por ocasião da próxima assembleia geral anual. Números chave (em milhões de euros) 2014/15 2015/16 % variação publicada % variação orgânica Dados publicados         Carteira de projetos 28.394 30.363 7% 14% Contratos assinados 10.046 10.636 6% 7% Faturamento 6.163 6.881 12% 7% Lucro operacional ajustado 298 366 23%   Margem operacional ajustada 4,8% 5,3%     Lucro líquido – Cota do Grupo (719) 3.001     Cash-flow livre (429) (2.614)     Caixa / (Dívida) líquida (3.143) (203)         " 2015/16 é o segundo ano consecutivo de recorde comercial da Alstom, especialmente graças a um grande projeto de locomotivas elétricas na Índia e êxitos em todas as regiões e linhas de produtos. A progressão do faturamento ultrapassou as expectativas com uma alta orgânica média superior a 5% nos últimos quatro anos. O resultado operacional ajustado aumentou mais de 20%. O balanço foi reforçado pela transação com a General Electric. Nossa estratégia está sendo aplicada e nos permite confirmar nossas previsões para 2020 ", declarou Henri Poupart-Lafarge, Presidente da Alstom.


Brasil: Faiveley Transport fornecerá portas de plataforma para a Linha 6 - Laranja do metrô de SP

Victoria Franco - 20-mai-2016 20:09:48

A empresa francesa Faiveley Transport fechou um contrato de milhões de euros com a MHI Transportation Systems Brasil Limitada (MTSB), subsidiária brasileira da Mitsubishi Heavy Industries, LTD.,  para o fornecimento de portas de plataforma destinadas à futura Linha 6 – Laranja do metrô de São Paulo. Com aproximadamente 15,3 km e 15 novas estações, a Linha 6 – Laranja vai da estação São Joaquim até a Brasilândia. Essa nova linha representa um grande passo no desenvolvimento do sistema de transporte metropolitano para amenizar os principais problemas de tráfego nessa cidade brasileira tão populosa que é São Paulo. Uma vez pronta, a linha deve transportar mais do que 630.000 passageiros por dia. O grupo Faiveley Transport será responsável pelo desenvolvimento de estudos, design, fabricação, entrega, instalação e comissionamento das portas para 30 plataformas, que juntas somam 3.960 metros de fachada para prevenir acidentes de passageiros e garantir viagens de trem mais seguras. Algumas subsidiárias do Grupo estão envolvidas no processo: a engenharia será gerida pela Saint Pierre des Corps (França), enquanto a fabricação será realizada em Xangai (China), com o apoio de Hong Kong (China).  O gerenciamento do projeto, a interface do cliente, instalação, teste e  comissionamento acontecerão em São Paulo, capital. É esperado que a linha seja entregue em 2020.   Rémi Causse, Presidente da Divisão de Acesso & Mobilidade, disse: “Estamos muito satisfeitos por trabalhar com a Mitsubishi Heavy Industries nesse projeto. Esse contrato permite que a Faiveley Transport mantenha sua posição de líder no mercado de portas de plataforma na América Latina. Além disso, demonstra nossa capacidade de ser um parceiro de longo prazo através do apoio a novos clientes em todas as regiões do mundo, graças à nossa compreensão das necessidades e conhecimento de portas de plataforma adquiridos ao longo de 30 anos de experiência.”   Sobre o grupo Faiveley Transport: Faiveley Transport é um fornecedor global de sistemas integrados de equipamentos ferroviários a um alto valor agregado. Com mais de 5.700 funcionários em 24 países, a Faiveley Transport gerou vendas de 1.048 milhões de euros ao longo de 2014/2015. O grupo fornece fabricantes, operadores e organismos de manutenção ferroviária mundialmente, com a mais ampla gama de sistemas dos mercados de Energia & Conforto (ar-condicionado, coletores e conversores de energia e informações sobre passageiros) e Freios & Segurança (sistemas de acesso de passageiros e portas de plataforma).   Contatos: Charlotte Rougeron – Gerente de Comunicação do Grupo - charlotte.rougeron@faiveleytransport.com Domitille Vielle – Gerente de Comunicação de Finanças do Grupo - domitille.vielle@faiveleytransport.com   Fonte: 25 April 2016 http://inpublic.globenewswire.com Site oficial da empresa : http://www.faiveleytransport.com/ Indústria Ferroviária Francesa: http://business.youbuyfrance.com/french-rail-industry/companies


Vídeo: Retour sur le salon Pollutec Brésil 2016

Victoria Franco - 11-mai-2016 19:24:02

Assista ao vídeo realizado pela Advancity durante a Pollutec Brasil 2016:   https://youtu.be/ItCcw8FlCFU


Conheça nossa equipe
No Brasil este setor é dividido em dois Polos de atividade:  INDUSTRIAS  O setor  Industrias  abrange os setores de Infraestruturas, Transporte, Indústria e Aeronáutica. Ele tem como objetivo auxiliar o intercâmbio comercial entre as empresas brasileiras e francesas por meio de parcerias mutuamente vantajosas. Neste contexto, os colaboradores do setor estão à sua disposição para oferecer o que a França tem de melhor neste setor e lhe permitir identificar interlocutores aptos a atender suas necessidades.    ENERGIA E MEIO AMBIENTE (Cleantech) O Setor de Petróleo, Gaz, Energia e Meio ambiente auxilia as empresas francesas no intercâmbio comercial bi-lateral dentro destes segmentos. Com sua equipe sediada em nosso escritório do Rio de Janeiro, trabalha junto aos principais players dos setores no Brasil e na França, alavancando oportunidades de negócios e a

Leia mais

Facebook
Area de Imprensa & Mídia
Lista de últimos comentários

Excelente evento! Parabéns pela org...

Mauro Henrique Pereira | octobre 22, 2014

O Seminário foi um sucesso. Parab&#...

Peter Alouche | mars 26, 2013

Parabenizo à UbiFrance pela realiza...

Marcelo Sakai | Covoiturage/Caronas | djengo.com.br | mars 19, 2013